Dores na Lombar vem Incomodando Você? Saiba como Acabar com esse mal!

Faça atividade física para reduzir dor na lombar!

As dores na parte inferior da coluna, conhecida como região lombar, podem trazer muito desconforto e atrapalhar a rotina. A boa notícia é que, em muitos casos, a atividade física é a terapia usada para combater esse mal. 
O primeiro passo é investigar o que está ocasionando o desconforto. As causas da dor na lombar podem ser muitas. “Quando falamos de dor nas costas, deve-se sempre lembrar que, em sua grande maioria, decorre de múltiplas causas, como fraqueza muscular, processos degenerativos das articulações e do disco, posturas erradas, excesso de peso, hábito de fumar, trabalhos extenuantes, quadros depressivos, atividades esportivas em excesso, ficar muito tempo sentado, além de problemas fora da coluna, como pedra nos rins, problemas no baço e vesícula”,
indica Luiz Cláudio Lacerda Rodrigues, ortopedista, traumatologista e cirurgião de coluna, membro da SBOT (Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia)..
Vale ressaltar ainda que, hoje uma das principais causa de dores na lombar é o alto tempo que as pessoas passam sentadas de forma errada e cansativa devido aos seus trabalhos!
Segundo o médico, é preciso investigar o que está acontecendo antes de começar e contar com a ajuda de um profissional especializado para fazer o tratamento, ou o paciente pode até aumentar o problema. “A dor, em sua grande maioria, é decorrente de processos mecânico-posturais, sendo a atividade física a principal abordagem terapêutica, mas, se decorrer de outro problema, como fraturas, infecções ou doenças reumáticas, alguns outros tratamentos são indicados”, explica. 
Por exemplo, se o paciente começa a fazer exercícios para a lombar sem as orientações de um profissional de educação física ou fisioterapeuta pode se machucar ainda mais. “Atividades físicas erradas ou mal distribuídas podem ser tão lesivas quanto a falta de exercícios. Basicamente, se você tem problemas na coluna, procure um especialista para saber suas restrições e, se você não tem problemas, procure um profissional de educação física para ajudá-lo em seu treino”, afirma Rodrigues.
Para combater a dor, é indicada uma combinação de exercícios de fortalecimento e alongamento. “Não se pode fortalecer sem alongar e vice-versa. Aconselho, após os treinos, a sempre alongar a musculatura, fazer pilates e trabalhar todos os músculos, não apenas alguns, pois desequilíbrios entre músculos que trabalham em oposição podem gerar sobrecarga e dor”, finaliza.
Gostou das dicas?
Acesse nossas redes sociais para conferir todas elas!
 

Deixe seu Comentário

Todos os comentários passam por aprovação